Gestão de Projetos: Porque Usar na Sua Empresa?

Será que você deve fazer uma gestão de projetos na sua empresa? Qual é a importância de organizar cada um deles no seu […]

Vittor Santos
6 de março de 2023
Gestão de Projetos: Porque Usar na Sua Empresa?

Será que você deve fazer uma gestão de projetos na sua empresa?

Qual é a importância de organizar cada um deles no seu modelo de negócios?

Neste postblog da Seu Cliente Oculto, vamos te explicar o conceito de um projeto e como ter um bom gerenciamento dele e outros, simultaneamente.

Além disso, também vamos explicar os pilares para planejar e executar um projeto com perfeição.

Venha ganhar conhecimento com a gente em mais um artigo transformador para a experiência do seu negócio.

Sumário Gestão de Projetos: Porque Usar na Sua Empresa?

 

Sumário Gestão de Projetos: Porque Usar na Sua Empresa?

 

O que é um Projeto?

Antes de mais nada, é importante você entender o conceito de um projeto.

Por natureza, eles são temporários.

Ou seja, eles possuem um ponto inicial e um ponto final bem definido.

Assim, começa em um momento específico e encerrado assim que o objetivo se alcança, para ao final ver um resultado único.

Nesse momento, conseguimos então diferenciar dois conceitos distintos: Gestão de Projetos e Gestão de Operações.

Projetos: Por definição, eles não são rotineiros. Ou seja, não fazem parte de uma atividade corriqueira da empresa e serão executadas em um tempo determinado pela organização, para que seus resultados sejam observados.

Operações: Por outro lado, o tempo das atividades a serem executadas nas operações pode ser estendido, ou até mesmo contínuo, para que elas sejam parte do dia-a-dia da organização.

Sabendo disso, conseguimos então separar uma gestão da outra, para você não confundir quando for administrá-las na sua empresa.

 

O que é um Projeto?

 

O que é Gestão de Projetos?

A gestão de projetos é definida como o conjunto de conhecimentos que envolve iniciar, planejar, executar e controlar o trabalho de um equipe para alcançar um objetivo específico (ou um conjunto de objetivos).

Esses objetivos podem ser o desenvolvimento de produtos ou serviços, como por exemplo, construções, desenvolvimentos de softwares ou até mesmo, a necessidade de uma empresa conseguir melhorias métricas, como quando queremos agregar algum valor em um processo produtivo.

Através desse método, as atividades se conduzem usando várias ferramentas, conjuntos de habilidade, conhecimento, metodologias e técnicas, a fim de atender aos requisitos do projeto.

Em outras palavras, a gestão de projetos não envolve apenas uma atividade, mas sim um conjunto de atividades para atender um objetivo definido.

Tendo isso em vista, utilizam-se ferramentas para atingir esse objetivo.

Logo, o principal objetivo da gestão de projetos se torna a garantia de que os objetivos se alcançaram no final.

 

O que é Gestão de Projetos?

 

Pilares da Gestão de Projetos

Podemos dizer então que os projetos são considerados separados das operações normais e repetitivas de uma empresa, sendo muitas vezes realizados inclusive por setores completamente distintos.

Como por exemplo, em uma empresa de manufatura, o processo de fabricação de um produto seriado, ou atividades relacionadas ao abastecimento de recursos na linha de produção, não é um projeto.

Essas são atividades permanentes, as quais a empresa realiza continuamente.

Ou seja, podemos considerar isso como parte de uma rotina.

Agora, se decidirmos criar um novo produto, todos os processos de negócios envolvidos desde a criação do conceito deste produto, até o início de sua fabricação seriada, será um projeto.

A gestão de projetos não atua no processo contínuo de produção.

Mas, caso seja necessária a expansão ou modernização desse processo produtivo, aí sim temos um projeto.

E com essa definição, devemos seguir alguns elementos que devem ser verificados e definidos para realizar a gestão dos projetos, algo que chamamos de pilares.

Isto é, se separam em Escopo, Tempo, Custo e Qualidade.

Vamos entender um pouco mais sobre cada um deles.

 

Pilares da Gestão de Projetos

 

Escopo do Projeto

Quando falamos de escopo, estamos definindo o tamanho do projeto.

Ou melhor dizendo, quais são os objetivos que esperamos conseguir após sua conclusão.

Ele se define muito bem antes de iniciar o projeto, lembrando que muitas vezes podem existir mudanças de escopo durante a execução do projeto em si.

 

Escopo do Projeto

 

Tempo do Projeto

Quando definimos o escopo, é importante se planejar, e como foi dito anteriormente, o projeto tem um início e fim.

Com a definição do escopo e das tarefas a serem executadas, podemos criar um planejamento do projeto, definindo um cronograma com um caminho crítico e as dependências entre as atividades que serão realizadas.

 

Tempo do Projeto

 

Custo do Projeto

Não podemos falar de gerenciamento de projetos sem falar no custo.

Os projetos envolvem custos, despesas, contingências, receita e lucro.

 

Custo do Projeto

 

Qualidade do Projeto

Por último, mas não menos importante, temos a qualidade, medida de quanto um projeto atende aos requisitos especificados dentro do seu escopo.

Ou seja, ela se liga ao atendimento dos critérios definidos como sendo aplicáveis ao projeto.

 

Qualidade do Projeto

 

Conclusão sobre os Pilares da Gestão de Projetos

Todos os pilares se levam em conta quando falamos da gestão de projetos.

Pois estão diretamente relacionados, e qualquer mudança em um deles poderá levar a desvios nos outros.

Por exemplo, caso seja adicionado um certo escopo no projeto original, certamente um aumento de custo será observado e consequentemente, de tempo também.

Da mesma forma que se você desejar executar uma atividade em um tempo menor do que o previsto, uma variação de custo também poderá ser notada, adicionando mais recursos.

Uma gestão de projetos bem-sucedida significa gerenciar esses pilares de maneira eficaz, tendo sempre em mente as ferramentas de controle.

Além disso, como já dizia o pai da administração moderna Peter Drucker: “Se você não pode medir, não pode gerenciar”.

Ou seja, utilize sempre ferramentas de gestão e métricas para controlar e assim, gerenciar.

 

Conclusão sobre os Pilares da Gestão de Projetos

 

Tipos de Gestão de Projetos

A gestão de projetos consiste em um conjunto de conhecimentos e práticas, que podem exigir diferentes tipos de controles ou ações quando aplicado a setores distintos.

Afinal, um projeto na indústria da construção será diferente de um projeto na indústria da T.I, não é mesmo?

Com isso, cada setor exigirá conhecimentos específicos, e não observar estas diferenças entre os projetos, pode ser um erro que poderá custar bem caro.

Cada projeto se trata de maneira distinta, pois estamos falando de especificações diferentes e até mesmo um timing diferente.

Por exemplo: Uma empresa montou um equipamento de uma indústria de forma eficaz e terminou atingindo seu objetivo de acordo com os 4 pilares que falamos anteriormente.

O escopo foi cumprido, o projeto foi executado dentro do tempo previsto, o custo foi respeitado e a qualidade ficou dentro dos padrões definidos pelo cliente.

Alguns anos depois, a indústria solicitou a montação do mesmo equipamento com as mesmas características e no mesmo local.

A solução seria simples, correto? Era só “copiar e colar” o projeto anterior.

Mas, para a surpresa da empresa contratada, ao comparar com o projeto anterior e verificar os pilares estabelecidos, ela chegou a conclusão de que o projeto não seria viável.

“Mas, não é o mesmo projeto que o anterior?”

Sim, o escopo e os requisitos de qualidade eram os mesmos.

Porém, a cotação do dólar e os prazos de entrega já não eram mais os mesmos.

Ou seja, mesmo escopo, mesmos requisitos de qualidade, mas tempos e custos diferentes.

Como resultado, a empresa contratada precisou buscar uma nova solução.

Cada projeto tem sua particularidade.

Então, se você pretende começar a entender e fazer a gestão dos seus projetos, comece identificando seus pilares.

 

Tipos de Gestão de Projetos

 

Seu Cliente Oculto nas Redes Sociais

Por fim, chegamos ao fim de mais um incrível blogpost.

Esperamos que você tenha gostado deste conteúdo e que ele tenha sido enriquecedor para você.

Enfim, não se esqueça de nos seguir em todas as nossas redes sociais.

Certamente, você verá um conteúdo inovador, criativo e totalmente fora da caixa em cada uma delas.

Qualquer dúvida, é só nos acionar em algum destes canais.

Quem é a Seu Cliente Oculto?

A Seu Cliente Oculto é uma Startup especializada em projetos de cliente oculto.

Com atuação em todo o Brasil e com o melhor preço do mercado, conseguimos atender clientes de todos os portes.

Temos uma plataforma exclusiva com dashboards para acompanhar os resultados e saber exatamente como está e o que fazer para melhorar a experiência dos seus clientes.

Tags

CONVERSE COM UM ESPECIALISTA

Preencha com os dados da sua empresa e entraremos em contato para o envio de um orçamento exclusivo.